POR UMA EDUCAÇÃO DO CUIDADO

José Donizetti dos Santos

Sabemos que a humanidade vive hoje uma preocupante situação de emergência planetária, marcada por uma grande quantidade de graves problemas estreitamente relacionados entre si: crescimento incontrolado da população mundial que, segundo a ONU já chega a 7 bilhões de pessoas; esgotamento de recursos naturais (Segundo a Organização Mundial do Comércio, em seu relatório World Trade Report - Natural Resources que recursos naturais são "estoques de materiais existentes em ambiente natural que são escassos e economicamente úteis"). Ou seja, se forem usados de forma excessiva terminarão e, assim, já estamos tendo grandes problemas; evidente contaminação e degradação dos ecossistemas e contaminação crescente da atmosfera, solo e água, aquecimento global, consequência dos impactos das atividades humanas sobre o ambiente; urbanização crescente e desordenada, com o óbvio aumento das ocupações de zonas de risco, da marginalização e insegurança, da desconexão com a natureza, etc; profundos desequilíbrios (cerca de 18% da humanidade possui 80% da riqueza do mundo) traduzido em todo tipo de guerras e violências; perda da biodiversidade, com o envenenamento do solo, ar e água, fazendo desaparecer milhares de espécies a ritmo que podemos chamar de extinção massiva... São alguns entre tantos outros problemas também graves, impactando de todas as maneiras a vida das pessoas e do planeta.

Num contexto como o que foi citado anteriormente, tomamos consciência que urge, por uma questão mesmo de sobrevivência, que todos os adultos responsáveis pela formação de crianças, adolescentes e jovens (pais e educadores em geral) assumamos, com seriedade e responsabilidade desafiadora, o compromisso com uma educação (formal ou informal) pautada pelo Cuidado, nas dimensões do cuidado de si, do outro, do mundo e da vida que transcende, com a finalidade de desenvolver, promover e fomentar atitudes, comportamentos e ações concretas que possam favorecer o desenvolvimento sustentável.

Considerando que, em geral, o tema do Cuidado tem ficado fora dos estudos e das reflexões tanto dos especialistas da área educacional, quanto dos inúmeros  seminários e congressos promovidos no país e fora dele, considero importante aqui gastar algumas linhas para pensar na origem e nos vários sentidos do termo Cuidado e da abrangência educacional de suas dimensões.

O cuidado existe e está presente desde o início da vida, para a sua preservação. O ser humano, assim como os outros seres vivos, sempre precisou de cuidados para que a vida pudesse continuar, desenvolver e perpetuar-se. O cuidado é fundamental para que o ser humano se abra ao mundo, assumindo uma posição de encanto e encontro, de respeito e compreensão e de relação afetiva e de empatia com as outras pessoas e com a natureza. Educadores e educadoras, de maneira especial, agentes de uma educação que exige cuidados, num mundo tão descuidado, precisam conhecer-se a si mesmos e conhecer bem e suficientemente a pessoa de seus educandos, para colaborarem com eles no seu processo pessoal de crescimento e desenvolvimento em todas as dimensões de sua existência. Tal exigência tem a ver com os novos desafios das pessoas que resolvem assumir compromissos com a educação, num mundo tão controverso.

Leonardo Boff pesquisou intensamente acerca da origem da palavra cuidado. Segundo ele, em latim, a palavra significa Cura, que é um dos sinônimos eruditos de cuidado. Em seu sentido mais antigo, Cura se escrevia em latim coera e se usava em um contexto de relações humanas de amor e amizade. Assim, para Boff, Cura queria expressar a atitude de cuidado, de desvelo, de preocupação e de inquietação pelo objeto e pela pessoa amada. Outros derivam cuidado de cogitare-cogitatus cujo sentido é o mesmo de cura: cogitar e pensar no outro, colocar a atenção nele, demonstrar interesse por ele e revelar uma atitude de desvelo, até de preocupação pelo outro. O cuidado somente surge quando a existência de alguém tem importância para si. A pessoa passa então a dedicar-se a ele, disponho-se a participar de seu destino, de suas buscas, de seus sofrimentos e de suas conquistas, enfim, de sua vida, conclui Boff.

Para Heidegger, o cuidado é uma preocupação por si mesmo, por assumir o destino como um interesse existencial e não apenas intelectual. O cuidado pode ser a possibilidade de que o ser presente no interior de si mesmo, pela angústia de enfrentar a existência e a morte, se abra ao mundo, assumindo uma posição compreensiva, de encontro, encanto e de relação afetiva com os demais e com a vida do planeta.

O cuidado, do sentido de pensar no outro e na preocupação por si, implica, necessariamente, o cuidado do mundo que se concretiza no cuidado do meio ambiente, o oikós (um dos termos que deu origem à palavra ecologia), a Terra, lar e casa de todos, casa comum. Assim, na Terra-Mãe- de- todos-casa-comum, cada pessoa, como hóspede da mesma, é convidada a assumir sua responsabilidade por organizar, cuidar e transformar o meio ambiente em um ambiente inteiro, íntegro e plenamente de todos e de cada um, no qual a vida, dom maior do ser humano, seja, de fato, considerada.

Uma educação que busque fazer aprender modos de autocuidado, de cuidado de si, do mundo e da vida, deve ser aquela que, segundo Boff, prima por oferecer recursos teóricos e metodológicos sobre como a pessoa pode satisfazer necessidades e realizar sonhos e desejos, de maneira a manter-se íntegra e na autenticidade requerida pela dimensão existencial de sua presença no tempo e no espaço.

O SINEP-MG (Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais), sempre atento aos grandes e graves desafios da educação, pioneiramente, escolheu como eixo temático do XII Encontro Mineiro de Educação, a ser realizado no Hotel Tauá, de 19 a 21 de abril de 2013, justamente o CUIDADO e a SUSTENTABILIDADE. Assim, pretende, durante três dias, possibilitar aos participantes aprofundarem sobre tal temática, oferecendo elementos teóricos e práticos para que cada qual possa inserir na programação das atividades educacionais de suas escolas tanto a reflexão e estudos quanto a criação de atividades que venham a promover uma educação que comtemple verdadeiramente o Cuidado nas várias dimensões e sua relação com a sustentabilidade.

Visão Educacional

Sites Interessantes

Frases e Provérbios